last

quarta-feira, 24 de abril de 2013




Olho para as estrelas são os teus olhos que vejo a brilhar, ouço uma música que só a ti me faz lembrar, caminho para algum lugar com a esperança de te encontrar. Mas tudo isto não passa de uma ilusão, não passa de um sonho, pois quando abro os olhos a vida que eu queria ter não é a que eu tenho.
Sei que tudo acabou de uma forma parva e estúpida, e a culpa não foi só minha, a culpa foi de ambas as partes. Acabou uma história que ainda mal tinha começado, mas quem sabe se essa história não acabasse, não se podia ter passado uma linda e pura história de amor.
A vida é cheia de alegrias e tristezas. Um alegria foi conhecer-te, uma tristeza foi perder-te para os braços de outra. Pode ter sido o melhor ou não, para mim não foi o melhor porque saber que estas nos braços de outra e não estas comigo (porque sou burra) deixa-me com o coração apertado, mas pronto tenho que aceitar.
Eu sei que devia ter feito alguma coisa para não te deixar ir, mas não o fiz porque sou demasiado orgulhosa e não queria dar o braço a torcer. Sim arrependo-me muito disso, mas já não há volta a dar. A vida segue, cada um para seu lado. Tu estás feliz e eu também vou estando, uns dias melhores outros nem tanto mas tento dar a volta por cima.
Sei que este texto não adianta de nada, mas já algum tempo que o andava para fazer, mas sempre que começava não o conseguia acabar. Ou porque não tinha palavras, ou porque simplesmente vinham-me as lágrimas aos olhos e não conseguia escrever nada.
Obrigada por tudo o que fizeste por mim, ajudaste-me a crescer, tornastes-me uma pessoa melhor, obrigada por seres quem és, és tudo. SEMPRE ..........

9 comentários: