last

quinta-feira, 6 de julho de 2017



“ O tempo parou no momento em que disseste tudo aquilo que querias dizer. O sol deixou de brilhar, a vida começou a não fazer sentido. Como é que as coisas podem mudar assim tão rápido de um momento para o outro, a verdade é que não estava à espera, parece que por vezes ainda não acredito no que se passou.  Sempre me ensinaram que quando amamos alguém fazemos o possível e o impossível por essa pessoa, mas existem pessoas que não seguem esse lema e preferem cortar logo o mal pela raiz. E é isso que não me magoa, as pessoas deixaram de lutar, por causa de mal entendidos. Eu é que se calhar vim ao mundo para sofrer, ser feliz não deve fazer parte do meu ADN. A verdade é que não vou desistir, e vou lutar pela minha felicidade, porque tenho sempre uma réstia de esperança que algum dia irei ser verdadeiramente feliz. Eu acho é que sou demasiado boa para as pessoas, e depois elas só me espetam facadas nas costas, mas pronto a vida é mesmo assim, com altos e baixos. Apesar de tudo continuo aqui e isto tão cedo não irá passar, continuo a preocupar-me, continuo a importar-me. Muitas vezes desistir é mais fácil, mas para mim isso não irá acontecer, porque não vou desistir. “ 
G.

1 comentário: